Logo Radio Divinópolis

POLÍTICA

Logomarca

NOTÍCIAS - POLÍTICA

Governo desiste de congelar salário mínimo

20/09/2019

imprimir Facebook Twitter
Capa

O governo voltou atrás e desistiu da proposta de congelar o salário mínimo no país. A ideia era de acabar com a correção do salário mínimo pela inflação em tempos de crise fiscal, prevista na constituição. Com isso, 34 milhões de aposentados, pensionistas e segurados do INSS teriam o pagamento congelado, sem reajuste por um bom tempo.

Além disso, benefícios como o PIS e do BPC, baseados no valor do salário mínimo, seriam atingidos. A medida seria incluída em uma PEC, Proposta de Emenda à Constituição.

Pelo lado do governo, o congelamento do mínimo renderia uma economia de até R$ 37 bilhões.

Já pelo lado dos aposentados, o congelamento prejudicaria principalmente 67% dos beneficiários que vivem com a renda de um salário mínimo.

Para o ano que vem o governo propôs um aumento levando em conta a variação da inflação. O salário mínimo passará de R$ 998,00 hoje, para R$ 1.039,00 a partir de janeiro de 2020. 

Fonte: Mais News

 1 2 3 4 Fim