Logo Radio Divinópolis

UTILIDADE PÚBLICA

Logomarca

NOTÍCIAS - UTILIDADE PÚBLICA

Fenaj critica fim de registro para jornalista e radialista

14/11/2019

imprimir Facebook Twitter
Capa

Jornalistas e radialistas não precisam mais de registro profissional para trabalhar. Isso porque embutido no texto da Media Provisória que criou o Programa Verde e Amarelo, de incentivo a contratação de jovens, o Governo aproveitou para alterar regras trabalhistas. 

Publicitário, químico e arquivista também estão entre profissões que não vão mais exigir registro para o desempenho das funções. 

A MP do Programa Verde e Amarelo ainda revogou leis que regulamentavam o trabalho de corretores de seguro e até de guardadores e lavadores de carro. 

Em relação aos jornalistas, a MP também acabou com a exigência de diploma para desempenho de algumas funções. 

Em nota, a Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas, afirma que o Governo agiu no intuito de destruir o jornalismo com uma MP inconstitucional. 

A Federação ainda aponta que o presidente Bolsonaro tem usado Medidas Provisórias de maneira abusiva, tirando do Congresso Nacional a atribuição de legislar. 

Por fim, a Fenaj afirma que vai tomar as medidas judiciais cabíveis.  

Fonte: Mais News


 1 2 3 4 Fim